Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Não desista, vá em frente. Sempre há uma chance de você tropeçar em algo maravilhoso. Nunca ouvi falar em ninguém que tivesse tropeçado em algo enquanto estava sentado.
HOMEM QUE É HOMEM TE LIGA CHORANDO, LEVANTA VOZ COM VOCÊ PRA BRIGAR E DEPOIS PEDE PERDAO. DIZ QUE TE AMA E SIM É CIUMENTO. HOMEM QUE É HOMEM SABE TE TRATAR BEM E AINDA SER VISTO COMO O TAL. NAO SE PREOCUPA COM A FAMINHA DE GAY. ENTAO SE LIGA MULHERADA. PORQUE O QUE VOCES TAO CONSIDERANDO HOMEM, NAO PASSA DE UM FILHO DA PUTA.

Acentuação dos ditongos das palavras paroxítonas


Acentuação dos ditongos das palavras paroxítonas

Some o acento dos ditongos (quando há duas vogais na mesma sílaba) abertos éi e ói das palavras paroxítonas (as que têm a penúltima sílaba mais forte):
idéia ideia
bóia boia
asteróide asteroide
Coréia Coreia
platéia plateia
assembléia assembleia
heróico heroico
estréia estreia
paranóia paranoia
Européia Europeia
apóio apoio
jibóia jiboia
jóia joia
ATENÇÃO! As palavras oxítonas como herói, papéis, troféu mantêm o acento.

Amigo...


Amigo é coisa para se guardar
Debaixo de sete chaves
Dentro do coração
Assim falava a canção que na América ouvi
Mas quem cantava chorou
Ao ver o seu amigo partir
Mas quem ficou, no pensamento voou
Com seu canto que o outro lembrou
E quem voou, no pensamento ficou
Com a lembrança que o outro cantou
Amigo é coisa para se guardar
No lado esquerdo do peito
Mesmo que o tempo e a distância digam "não"
Mesmo esquecendo a canção
O que importa é ouvir
A voz que vem do coração
Pois seja o que vier, venha o que vier
Qualquer dia, amigo, eu volto
A te encontrar
Qualquer dia, amigo, a gente vai se encontrar.

Milton Nascimento


Poema

Sentir primeiro, pensar depois
Perdoar primeiro, julgar depois
Amar primeiro, educar depois
Esquecer primeiro, aprender depois

Libertar primeiro, ensinar depois
Alimentar primeiro, cantar depois

Possuir primeiro, contemplar depois
Agir primeiro, julgar depois

Navegar primeiro, aportar depois
Viver primeiro, morrer depois
                               Mario Quintana

Frase

"Saber encontrar a alegria na alegria dos outros, é o segredo da felicidade."
                                                                                                                        - Georges Bernanos

Rawr


Wall-e



Wordsworth escreveu: “Uma simples criança que desenha levemente sua respiração e sente que há vida em cada membro, o que deveria saber sobre a morte?”


Charge


Handebol

A seleção brasileira feminina de handebol derrotou Angola por 29 a 26 pelo grupo A neste domingo (5) e assegurou vaga nas quartas de final dos Jogos Olímpicos de Londres 2012

Nelson Mandela

"A educação é a arma mais forte que você pode usar para mudar o mundo." "Sonho com o dia em que todas as pessoas levantar-se-ão e compreenderão que foram feitos para viverem como irmãos." "Não há caminho fácil para a Liberdade." "Uma boa cabeça e um bom coração formam uma formidável combinação." "A queda da opressão foi sancionada pela humanidade, e é a maior aspiração de cada homem livre." "A luta é a minha vida. Continuarei a lutar pela liberdade até o fim de meus dias."

Refletindo...

 "Queixas, gritos e mágoas são golpes em 

você mesmo. Silencia e abençoa, a verdade 


tem voz."

Informação






Informática é um termo usado para descrever o conjunto das ciências da informação, estando incluídas neste grupo: a ciência da computação, a teoria da informação, o processo de cálculo, a análise numérica e os métodos teóricos da representação dos conhecimentos e de modelagem dos problemas.
O termo informática, sendo dicionarizado com o mesmo significado amplo nos dois lados do Atlântico , assume em Portugal o sentido sinônimo de ciência da computação enquanto que no Brasil é habitualmente usado para referir especificamente o processo de tratamento da informação por meio de máquinas eletrônicas definidas como computadores.
O estudo da informação começou na matemática quando nomes como Alan Turing, Kurt Gödel , Alonzo Church e Pitágoras , começaram a estudar que tipos de problemas poderiam ser resolvidos, ou computados, por elementos humanos que seguissem uma série de instruções simples de forma, independente do tempo requerido para isso. A motivação por trás destaspesquisas era o avanço durante a revolução industrial e da promessa que máquinas poderiam futuramente conseguir resolver os mesmos problemas de forma mais rápida e mais eficaz. Do mesmo jeito que as indústrias manuseiam matéria-prima para transformá-la em um produto final, os algoritmos foram desenhados para que um dia uma máquina pudesse tratar informações. Assim nasceu a informática.

Se você é gay, é pecado. Se você é bissexual, é confuso. Se você é muito magro, usa drogas. Se você é gordo, come demais. Se você anda bem vestido, é riquinho. Se você diz o que pensa, é grosso. Se você não diz o que pensa, é falso. Se você chora, é um dramático. Se ela tem muitos amigos homens, é biscate. Se ele tem muitas amigas mulheres, é viado. “Será que um dia vamos viver num mundo sem rótulos?”


Reforma Ortográfica

     O novo acordo ortográfico gerou e gera muitas dúvidas,mas a coisas que descomplicam entende-las, por exemplo o livrinho da Coquetel que recebemos que ensina com cruzadinhas, diretas, caça-palavras, etc, o novo acordo ortográfico de um jeito fácil e divertido.Nele aprendi por exemplo que paraquedas agora se escreve tudo junto, e que não se usa mais a trema porém ainda se fala como se ela ainda existisse.
     Mas se você quer se aprofundar no novo acordo recomendo o site: http://www.soportugues.com.br/secoes/acordo_ortografico/acordo_ortografico1.php , nela esta todas ( se não quase todas ) as novas regras.Também existe um exercicio para você ver se parendeu ou não as regras: http://www.soportugues.com.br/secoes/acordo_ortografico/jogo_reforma.php


Post copiado do blog de 

Reforma Ortográfica

Não é de hoje que os integrantes da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa  (CPLP) pensam em unificar as ortografias do nosso idioma. Desde o início do século XX, busca-se estabelecer um modelo de ortografia que possa ser usado como referência nas publicações oficiais e no ensino. No quadro a seguir tem-se, resumidamente, as principais tentativas de unificação ortográfica já ocorridas entre os países lusófonos. No Brasil, note que já houve duas reformas ortográficas: em 1943 e 1971. Assim, um brasileiro com mais de 65 anos está prestes a passar pela terceira reforma. Em Portugal, a última reforma aconteceu em 1945.
Cronologia das Reformas Ortográficas na Língua Portuguesa
Séc XVI até ao séc. XX - Em Portugal e no Brasil a escrita praticada era de caráter etimológico (procurava-se a raiz latina ou grega para escrever as palavras).
1907 - A Academia Brasileira de Letras começa a simplificar a escrita nas suas publicações.
1910 - Implantação da República em Portugal – foi nomeada uma Comissão para estabelecer uma ortografia simplificada e uniforme, para ser usada nas publicações oficiais e no ensino.
1911 - Primeira Reforma Ortográfica – tentativa de uniformizar e simplificar a escrita de algumas formas gráficas, mas que não foi extensiva ao Brasil.
1915 - A Academia Brasileira de Letras resolve harmonizar a ortografia com a portuguesa.
1919 - A Academia Brasileira de Letras revoga a sua resolução de 1915.
1924 - A Academia de Ciências de Lisboa e a Academia Brasileira de Letras começam a procurar uma grafia comum.
1929 - A Academia Brasileira de Letras lança um novo sistema gráfico.
1931 - Foi aprovado o primeiro Acordo Ortográfico entre o Brasil e Portugal, que visava suprimir as diferenças, unificar e simplificar a língua portuguesa, contudo não foi posto em prática.
1938 - Foram sanadas as dúvidas quanto à acentuação de palavras.
1943 - Foi redigido, na primeira Convenção ortográfica entre Brasil e Portugal, o Formulário Ortográfico de 1943.
1945 - O acordo ortográfico tornou-se lei em Portugal, mas no Brasil não foi ratificado pelo Governo. Os brasileiros continuaram a regular-se pela ortografia anterior, do Vocabulário de 1943.
1971 - Foram promulgadas alterações no Brasil, reduzindo as divergências ortográficas com Portugal.
1973 - Foram promulgadas alterações em Portugal, reduzindo as divergências ortográficas com o Brasil.
1975 - A Academia das Ciências de Lisboa e a Academia Brasileira de Letras elaboram novo projeto de acordo, que não foi aprovado oficialmente.
1986 - O presidente brasileiro José Sarney promoveu um encontro dos sete países de língua portuguesa - Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe - no Rio de Janeiro. Foi apresentado o Memorando Sobre o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa.
1990 - A Academia das Ciências de Lisboa convocou novo encontro juntando uma Nota Explicativa do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa – as duas academias elaboram a base do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. O documento entraria em vigor (de acordo com o 3º artigo do mesmo) no dia 1º de Janeiro de 1994, após depositados todos os instrumentos de ratificação de todos os Estados junto do Governo português.
1996 - O último acordo foi apenas ratificado por Portugal, Brasil e Cabo Verde.
2004 - Os ministros da Educação da CPLP reuniram-se em Fortaleza (Brasil), para propor a entrada em vigor do Acordo Ortográfico, mesmo sem a ratificação de todos os membros.
Nova Reforma Ortográfica -  Aspectos Positivos
O Novo Acordo Ortográfico, em vigor desde janeiro de 2009, gera polêmica entre gramáticos, escritores e professores de Língua Portuguesa. Segundo o Ministério de Educação, a medida deve facilitar o processo de intercâmbio cultural e científico entre os países que falam Português e ampliar a divulgação do idioma e da literatura portuguesa. Dentre os aspectos positivos apontados pela nova reforma ortográfica, destacam-se ainda:
- redução dos custos de produção e adaptação de livros;
- facilitação na aprendizagem da língua pelos estrangeiros;
- simplificação de algumas regras ortográficas.
Nova Reforma Ortográfica -  Aspectos Negativos
- Todos que já possuem interiorizadas as normas gramaticais, terão de aprender as novas regras;
- Surgimento de dúvidas;
- Adaptação de documentos e publicações.
Período de Adaptação
Mesmo entrando em vigor em janeiro de 2009, os falantes do idioma terão até dezembro de 2012 para se adaptarem à nova escrita. Nesse período, as duas normas ortográficas poderão ser usadas e aceitas como corretas nos exames escolares, vestibulares, concursos públicos e demais meios escritos. Em Portugal, cerca de 1,6% das palavras serão alteradas. No Brasil, apenas 0,5%.
Atualização dos Livros Didáticos
De acordo com o MEC, a partir de 2010 os alunos de 1º a 5º ano do Ensino Fundamental receberão os livros dentro da nova norma - o que deve ocorrer com as turmas de 6º a 9º ano e de Ensino Médio, respectivamente, em 2011 e 2012.
Reforma na Escrita
Por fim, é importante destacar que a proposta do acordo é meramente ortográfica. Assim, restringe-se à língua escrita, não afetando aspectos da língua falada. Além disso, a reforma não eliminará todas as diferenças ortográficas existentes entre o português brasileiro e o europeu. 
http://www.soportugues.com.br/secoes/acordo_ortografico/acordo_ortografico1.php

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Tipos de linguagem


 É a capacidade que possuímos de expressar nossos pensamentos, ideias, opiniões e sentimentos. A Linguagem está relacionada a fenômenos comunicativos; onde há comunicação, há linguagem. Podemos usar inúmeros tipos de linguagens para estabelecermos atos de comunicação, tais como: sinais, símbolos, sons, gestos e regras com sinais convencionais (linguagem escrita e linguagem mímica, por exemplo). Num sentido mais genérico, a Linguagem pode ser classificada como qualquer sistema de sinais que se valem os indivíduos para comunicar-se.

Tipos de Linguagem:
A linguagem pode ser:

Verbal: a Linguagem Verbal é aquela que faz uso das palavras para comunicar algo.


A figura acima nos comunica sua mensagem através da linguagem verbal (usa palavras para transmitir a informação).
Não Verbal: é aquela que utiliza outros métodos de comunicação, que não são as palavras. Dentre elas estão a linguagem de sinais, as placas e sinais de trânsito, a linguagem corporal, uma figura, a expressão facial, um gesto, etc.



Essa figura faz uso apenas de imagens para comunicar o que representam

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

O pianista

O pianista - Filme

Ficheiro:ThePianistPoster.jpg
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/O_Pianista
The Pianist (br/pt: O Pianista) é um filme de 2002 dirigido por Roman Polanski e estrelado por Adrien Brody. É baseado na autobiografia de mesmo nome escrito pelo músico polonês Władysław Szpilman.
O filme venceu três Oscars, nas categorias de Melhor diretor, melhor ator e melhor roteiro adaptado. Ainda foi indicado nas categorias de melhor filme, melhor fotografia, melhor figurino e melhor edição.

Elenco

  • Adrien Brody .... Władysław Szpilman
  • Thomas Kretschmann .... Capitão Wilm Hosenfeld
  • Emilia Fox .... Dorota
  • Michał Żebrowski .... Jurek
  • Ed Stoppard .... Henryk
  • Maureen Lipman .... Mãe Szpilman
  • Frank Finlay .... Pai Szpilman
  • Jessica Kate Meyer .... Halina
  • Julia Rayner .... Regina
  • David Singer .... Hansell
  • Richard Ridings .... Sr. Lipa
  • Daniel Caltagirone .... Majorek
  • Valentine Pelka .... Marido de Dorota                                                                                         

    Prêmios e indicações

    Prêmio Categoria Recipiente Resultado
    Oscar da Academia Melhor Filme The Pianist Indicado
    Melhor diretor Roman Polanski Venceu
    Melhor ator Adrien Brody Venceu
    Melhor roteiro adaptado Ronald Harwood Venceu
    Melhor edição Hervé de Luize Indicado
    Melhor fotografia Paweł Edelman Indicado
    Melhor figurino Anna B. Sheppard Indicado
    Prêmios Globo de Ouro Melhor filme dramático The Pianist Indicado
    Melhor ator dramático Adrien Brody Indicado
    Festival de Cannes Palma de Ouro (Palme d'Or) The Pianist Venceu
    César Melhor filme The Pianist Venceu
    Melhor diretor Roman Polanski Venceu
    Melhor ator Adrien Brody Venceu
    Melhor roteiro Ronald Harwood Indicado
    Melhor edição Harvé de Luize Indicado
    Melhor desenho de produção Allan Starski Indicado
    Melhor fotografia Paweł Edelman Venceu
    Melhor figurino Anna B. Sheppard Indicado
    Melhor música Wojciech Kilar Venceu
    Melhor som Jean-Marie Blondel
    Gérard Hardy
    Dean Humphreys
    Venceu
    BAFTA Melhor filme The Pianist Venceu
    Melhor diretor (Prêmio David Lean) Roman Polanski Venceu
    Melhor ator Adrien Brody Indicado
    Melhor roteiro adaptado Ronald Harwood Indicado
    Melhor fotografia Paweł Edelman Indicado
    Melhor trilha sonora Wojciech Kilar Indicado
    Melhor música (Prêmio Anthony Asquith) Jean-Marie Blondel
    Gérard Hardy
    Dean Humphreys
    Indicado  
http://jooluizdarochaborin.blogspot.com.br/2012/10/o-pianista-filme.html

segunda-feira, 3 de setembro de 2012







Quem nunca quiz fazer isso com seu irmão ???

Reflita...

"É preciso amar as pessoas e usar as coisas e não, amar as coisas e usar as pessoas"







"Vivemos para amar e não amamos para viver."

Charge


A ÁGUA DO MUNDO de Leo Jaime.

Vou correndo, como se isso me fizesse escapar dos pingos da chuva que se inicia. Menos tempo na chuva, pode ser ilusório, mas tenho a impressão de que ficarei menos molhado, de que chegarei menos ensopado. Com o canto do olho observo o senhor que com a mangueira termina de limpar a calçada, mesmo sabendo que a chuva há de modificar todo o cenário nos próximos instantes. Ou vai trazer de volta toda a sujeira que ele está tirando ou vai lavar outra vez o que ele acabou de lavar.

A água que cai do céu cai purinha, purinha, é o que penso enquanto corro dela. A água que cai do céu. Lembro-me do livro da Camille Paglia em que ela afirmava, ou pelo menos foi o que me recordo de ter dali subtraído, que o homem havia optado por viver em grupo por temor aos fenômenos naturais: chuvas, clima, terremotos etc. Foi preciso se unir contra as forças da natureza. As forças amorais na natureza. Quando passa um furacão levando tudo, bons ou os maus, estão todos ameaçados. Quando chove muito e tudo começa a inundar, anjos e demônios poderão estar, em breve, igualmente submersos. Quando a água falta, senhores e escravos morrem da mesma sede. Há forças mais poderosas que a maldade humana.

Os destinos turísticos são, em sua maioria, lugares interessantes por causa da água. Praias, lagos, rios, cachoeiras: somos naturalmente atraídos pela água. A simples vista para o mar ou rio já torna um ambiente mais interessante. Parece óbvio o que digo mas se levarmos em conta que grande parte do planeta é tomado por água isso passa a ser, sim, digno de nota: vivemos em meio a tanta água e ainda somos tão fascinados por ela! Nosso organismo é também, em sua maior porção, água. Somos água, viemos da água, para a água voltaremos e, enquanto tivermos como aproveitar a vida, queremos fazê-lo perto de alguma fonte de água límpida, na beira de um rio ou mar. Navegando, que seja. Queremos água.

Vivemos, porém, sob o alerta de que a água pode acabar. É preciso economizar. Parece absurdo pois a água é absolutamente indestrutível! Se você toca fogo ela vira fumaça e depois volta  a ser água, se congela ela derrete e volta a ser água, seja lá o que se faça com ela, a água volta a ser água depois de um tempo, pura e cristalina. E na mesma quantidade! Pois é. Mas pode voltar salgada. Sabe lá o que é morrer de sede em frente ao mar? O prejuízo maior que a água pode sofrer é a poluição. Uma vez poluída a água pode demorar muitos anos para voltar ao seu estado natural, potável, como os pingos da chuva lá do início.

Volto ao início e ao senhor que tentava varrer uma folha de árvore, pequenina, da porta de seu prédio, segundos antes da chuva começar. Quantos litros de água pura ele desperdiçava naquela tarefa imbecil? Não seria mais fácil varrer a folhinha ou pegá-la com a mão? Aquela água correria para o bueiro e se juntaria ao esgoto cheio de substâncias químicas e de lá iria parar sabe-se lá onde, mas, poluída, demoraria um tempo enorme para voltar para o reservatório d'água da cidade. Este tempo é que pode ser o suficiente para uma cidade entrar em caos por não ter o que beber. A água não vai "acabar" nunca, mas talvez, um dia,  não possamos usufruir dela onde e como gostaríamos. Talvez as grandes desgraças naturais não nos metam tanto medo porque o que nos vai derrotar mesmo sejam as folhinhas nas calçadas. Aguadas de estupidez.
   


23/03/2006

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Visualizações de páginas por país
Brasil             
       1 815
Rússia
                  162
Alemanha
             113
Estados Unidos
    112
Portugal               
10
Reino Unido          
4
Paraguai
               3
Botsuana              
2
Malásia                
2
Angola                 
1

Avaliação do caderno!

 Meu caderno foi avaliado pela Eloisa Luciano.
 Tirei 9,9, pois o uso do corretivo  uma única fez!

Análise: " A última crônica"

  No texto de Fernando Sabino, trata de um assundo do cotidiano e utiliza os elementos básicos da narrativa, com 3ª pessoa; O título é bem interessante para o texto "assim eu quereria a minha última crônica ..."
  O autor teve uma visão bem focada na crônica, todo mundo pode ser feliz com poucas condições para ser feliz não precisa ter dinheiro, ter uma festa enorme, só precisa de amor, compaixão e ser feliz do jeito que você é verdadeiramente.

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Frase

"Na vida tudo passa não importa o que tu faça o que ti fazia rir hoje já não tem mais graça"

segunda-feira, 20 de agosto de 2012


 ·  ·  · há 50 minutos · 

Vida

A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.

Charles Chaplin

Magica ou Ilusão?

Quando eu era menor , magica para mim era tirar um coelho da cartola, fazer moedas desaparecerem, mas quando crescemos aprendemos que magica não existe, era pura ilusão, então já estamos acostumados a nos iludir. 

Hummmm

REFLEXÃO

TODA MULHER

Toda mulher deve ser amada
No dia-a-dia conquistada
No ser mãe endeusada
Na cama desejada
Na boca beijada
Na alegria multiplicada
No lar compartilhada
No seu dia festejada
Na tristeza consolada
Na queda levantada
Na luta encorajada
No trabalho motivada
No aniversário presenteada
Na alma massageada
Na beleza admirada
Na dificuldade ajudada
No cangote bem cheirada
Na vida abençoada
No mundo inteiro respeitada
E sempre que possível... abraçada.

Pollo

Vou caçar mais de um milhão de vagalumes por aí,
E pra te ver sorrir eu posso colorir o céu de outra cor,
Eu só quero amar você,
E quando amanhecer eu quero acordar.. Do seu lado.
Vou escrever mais de um milhão de canções pra você ouvir
que meu amor é teu, teu sorriso me faz sorrir,
Vou de Marte até a Lua, cê sabe já tô na tua,
Não cabe tanta maldade essa verdade nua e crua,
Teu sonho impossível vai ser nossa realidade,
Sei que o mundo tá terrível mas não vai ser a maldade que
Vai me tirar de você, eu faço você ver, pra tu sorrir eu faço o mundo inteiro saber que eu...
Vou caçar mais de um milhão de vagalumes por aí
E pra te ver sorrir eu posso colorir o céu de outra cor
Eu só quero amar você
E quando amanhecer eu quero acordar.. Do seu lado
Encantei no seu sorriso descubro o paraíso ,
É só eu ver sua boca que eu perco o juízo por inteiro,
Sentimento verdadeiro eu e você ao som de Janet e Monet, vem deixa acontecer,
Me abraça que o tempo não passa quando cê tá perto,
Dá a mão e vem comigo que eu vejo como eu tô certo,
Eu digo que te amo cê pede algo impossível, ,
Levanta da sua cama hoje o céu está incrível.
Vou caçar mais de um milhão de vagalumes por aí
E pra te ver sorrir eu posso colorir o céu de outra cor
Eu só quero amar você
E quando amanhecer eu quero acordar.. Do seu lado.
Faço dos teus braços um lugar mais seguro,
Procurei fase em outro abraço não achei eu juro,
Saio do compasso, passo apuros que vier,
Abro a janela pra que você possa ver...
Vou caçar mais de um milhão de vagalumes por aí,
E pra te ver sorrir eu posso colorir o céu de outra cor,
Eu só quero amar você,
E quando amanhecer eu quero acordar.. Do seu lado.

realidade

Essa é a nossa realidade

Procura de poesia

Penetra surdamente no reino das palavras.
Lá estão os poemas que esperam ser escritos.
Estão paralisados, mas não há desespero,
há calma e frescura na superfície intata.
Ei-los sós e mudos, em estado de dicionário.
Convive com teus poemas, antes de escrevê-los.
Tem paciência se obscuros. Calma, se te provocam.
Espera que cada um se realize e consume
com seu poder de palavra
e seu poder de silêncio.
Não forces o poema a desprender-se do limbo.
Não colhas no chão o poema que se perdeu.
Não adules o poema. Aceita-o
como ele aceitará sua forma definitiva e concentrada
no espaço.

Chega mais perto e contempla as palavras.
Cada uma
tem mil faces secretas sob a face neutra
e te pergunta, sem interesse pela resposta,
pobre ou terrível, que lhe deres:
Trouxeste a chave?
Repara:
ermas de melodia e conceito
elas se refugiaram na noite, as palavras.
Ainda úmidas e impregnadas de sono,
rolam num rio difícil e se transformam em desprezo.
- Carlos Drummond de Andrade.

PALAVRAS

"Cada um sabe as dores e as delícias de ser o que é."

it is perfect

Diga ñ ao bulling

Acho que sim


segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Amor: Caio Fernando Abreu

"Se você me amar e eu te amar, não precisamos da aprovação de ninguém para ficar juntos, como também não precisamos assinar nenhum papel ou aceitar qualquer espécie de jogo. Não acredito que maus fluidos, por mais fortes que sejam, consigam destruir um amor bonito, limpo."

Caio Fernando Abreu 


blogger de vitoria 9° a

Frase

fato na minha opinião

realidade... ou não ?

Charge


segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Da dor ao sucesso.

   resumo do texto feitos por: Sara e Aline.

   Luiz Carlos Prates conta sobre um sujeito que perdeu duas pernas num acidente. Três anos depois ele foi campeão mundial triatlo, e hoje é consideradoum bambam no mundo esportivo e um exemplo para todos. Luiz relata também de uma amexicana que só ficou famosa depois de ficar paraplégica, antes do acidente ela pintava já  depois do acidente ela tornou-se uma deusa da pintura.
  Ele, Luiz Carlos Prates opina que "a vida é um jogo ninguém sai dela vencedor, ninguém" e que " a vida é para ser vivida aqui e agora como o jogo é pra sert jogado aqui e agora, com prazer", esse é o ponto de vista de Prates.
  Conta que o futebool anda horrível, que ninguém joga pela bola, pela torcida, pela cidade que nasceu, por nada, se não o dinheiro. Esse foi o resumo do nosso ponto de vista ao texto.



                

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Ser joinvilense é...

  Ver a arte misturando as cores
  É estar atento a cada espetáculo artístico
  É estar em harmonia com a dança
  É  o colorido da festa das flores
  É  a diversidade de sons rock e pagode
  É comemorar a folclore com muita agitação
  É  superar os problemas da cidade e saber que haverá solução.
  É fazer novas amizades a todo tempo
  É festejar, viver com alegria
  É cada pessoa poder fazer sua próprias escolhas
  É  saber que existe amizade verdadeira.

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Fato

Frase

Regência Nominal

REGÊNCIA NOMINAL

   Regência Nominal é o nome da relação existente entre um nome (substantivo, adjetivo ou advérbio) e os termos regidos por esse nome. Essa relação é sempre intermediada por uma preposição. No estudo da regência nominal, é preciso levar em conta que vários nomes apresentam exatamente o mesmo regime dos verbos de que derivam. Conhecer o regime de um verbo significa, nesses casos, conhecer o regime dos nomes cognatos. Observe o exemplo:
       Verbo obedecer e os nomes correspondentes: todos regem complementos introduzidos pela preposição "a". Veja:
Obedecer a algo/ a alguém.
Obediente a algo/ a alguém.
      Apresentamos a seguir vários nomes acompanhados da preposição ou preposições que os regem. Observe-os atentamente e procure, sempre que possível, associar esses nomes entre si ou a algum verbo cuja regência você conhece.

Regência Verbal

Definição: 

Dá-se o nome de regência à relação de subordinação que ocorre entre um verbo (ou um nome) e seus complementos. Ocupa-se em estabelecer relações entre as palavras, criando frases não ambíguas, que expressem efetivamente o sentido desejado, que sejam corretas e claras.

REGÊNCIA VERBAL

Termo Regente:  VERBO  

         A regência verbal estuda a relação que se estabelece entre os verbos e os termos que os complementam (objetos diretos e objetos indiretos) ou caracterizam (adjuntos adverbiais).
         O estudo da regência verbal permite-nos ampliar nossa capacidade expressiva, pois oferece oportunidade de conhecermos as diversas significações que um verbo pode assumir com a simples mudança ou retirada de uma preposição. Observe:
A mãe agrada o filho. -> agradar significa acariciar, contentar.
A mãe agrada ao filho. -> agradar significa "causar agrado ou prazer", satisfazer.
          Logo, conclui-se que "agradar alguém" é diferente de "agradar a alguém".

Charge...