Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Visualizações de páginas por país
Brasil             
       1 815
Rússia
                  162
Alemanha
             113
Estados Unidos
    112
Portugal               
10
Reino Unido          
4
Paraguai
               3
Botsuana              
2
Malásia                
2
Angola                 
1

Avaliação do caderno!

 Meu caderno foi avaliado pela Eloisa Luciano.
 Tirei 9,9, pois o uso do corretivo  uma única fez!

Análise: " A última crônica"

  No texto de Fernando Sabino, trata de um assundo do cotidiano e utiliza os elementos básicos da narrativa, com 3ª pessoa; O título é bem interessante para o texto "assim eu quereria a minha última crônica ..."
  O autor teve uma visão bem focada na crônica, todo mundo pode ser feliz com poucas condições para ser feliz não precisa ter dinheiro, ter uma festa enorme, só precisa de amor, compaixão e ser feliz do jeito que você é verdadeiramente.

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Frase

"Na vida tudo passa não importa o que tu faça o que ti fazia rir hoje já não tem mais graça"

segunda-feira, 20 de agosto de 2012


 ·  ·  · há 50 minutos · 

Vida

A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.

Charles Chaplin

Magica ou Ilusão?

Quando eu era menor , magica para mim era tirar um coelho da cartola, fazer moedas desaparecerem, mas quando crescemos aprendemos que magica não existe, era pura ilusão, então já estamos acostumados a nos iludir. 

Hummmm

REFLEXÃO

TODA MULHER

Toda mulher deve ser amada
No dia-a-dia conquistada
No ser mãe endeusada
Na cama desejada
Na boca beijada
Na alegria multiplicada
No lar compartilhada
No seu dia festejada
Na tristeza consolada
Na queda levantada
Na luta encorajada
No trabalho motivada
No aniversário presenteada
Na alma massageada
Na beleza admirada
Na dificuldade ajudada
No cangote bem cheirada
Na vida abençoada
No mundo inteiro respeitada
E sempre que possível... abraçada.

Pollo

Vou caçar mais de um milhão de vagalumes por aí,
E pra te ver sorrir eu posso colorir o céu de outra cor,
Eu só quero amar você,
E quando amanhecer eu quero acordar.. Do seu lado.
Vou escrever mais de um milhão de canções pra você ouvir
que meu amor é teu, teu sorriso me faz sorrir,
Vou de Marte até a Lua, cê sabe já tô na tua,
Não cabe tanta maldade essa verdade nua e crua,
Teu sonho impossível vai ser nossa realidade,
Sei que o mundo tá terrível mas não vai ser a maldade que
Vai me tirar de você, eu faço você ver, pra tu sorrir eu faço o mundo inteiro saber que eu...
Vou caçar mais de um milhão de vagalumes por aí
E pra te ver sorrir eu posso colorir o céu de outra cor
Eu só quero amar você
E quando amanhecer eu quero acordar.. Do seu lado
Encantei no seu sorriso descubro o paraíso ,
É só eu ver sua boca que eu perco o juízo por inteiro,
Sentimento verdadeiro eu e você ao som de Janet e Monet, vem deixa acontecer,
Me abraça que o tempo não passa quando cê tá perto,
Dá a mão e vem comigo que eu vejo como eu tô certo,
Eu digo que te amo cê pede algo impossível, ,
Levanta da sua cama hoje o céu está incrível.
Vou caçar mais de um milhão de vagalumes por aí
E pra te ver sorrir eu posso colorir o céu de outra cor
Eu só quero amar você
E quando amanhecer eu quero acordar.. Do seu lado.
Faço dos teus braços um lugar mais seguro,
Procurei fase em outro abraço não achei eu juro,
Saio do compasso, passo apuros que vier,
Abro a janela pra que você possa ver...
Vou caçar mais de um milhão de vagalumes por aí,
E pra te ver sorrir eu posso colorir o céu de outra cor,
Eu só quero amar você,
E quando amanhecer eu quero acordar.. Do seu lado.

realidade

Essa é a nossa realidade

Procura de poesia

Penetra surdamente no reino das palavras.
Lá estão os poemas que esperam ser escritos.
Estão paralisados, mas não há desespero,
há calma e frescura na superfície intata.
Ei-los sós e mudos, em estado de dicionário.
Convive com teus poemas, antes de escrevê-los.
Tem paciência se obscuros. Calma, se te provocam.
Espera que cada um se realize e consume
com seu poder de palavra
e seu poder de silêncio.
Não forces o poema a desprender-se do limbo.
Não colhas no chão o poema que se perdeu.
Não adules o poema. Aceita-o
como ele aceitará sua forma definitiva e concentrada
no espaço.

Chega mais perto e contempla as palavras.
Cada uma
tem mil faces secretas sob a face neutra
e te pergunta, sem interesse pela resposta,
pobre ou terrível, que lhe deres:
Trouxeste a chave?
Repara:
ermas de melodia e conceito
elas se refugiaram na noite, as palavras.
Ainda úmidas e impregnadas de sono,
rolam num rio difícil e se transformam em desprezo.
- Carlos Drummond de Andrade.

PALAVRAS

"Cada um sabe as dores e as delícias de ser o que é."

it is perfect

Diga ñ ao bulling

Acho que sim


segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Amor: Caio Fernando Abreu

"Se você me amar e eu te amar, não precisamos da aprovação de ninguém para ficar juntos, como também não precisamos assinar nenhum papel ou aceitar qualquer espécie de jogo. Não acredito que maus fluidos, por mais fortes que sejam, consigam destruir um amor bonito, limpo."

Caio Fernando Abreu 


blogger de vitoria 9° a

Frase

fato na minha opinião

realidade... ou não ?

Charge


segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Da dor ao sucesso.

   resumo do texto feitos por: Sara e Aline.

   Luiz Carlos Prates conta sobre um sujeito que perdeu duas pernas num acidente. Três anos depois ele foi campeão mundial triatlo, e hoje é consideradoum bambam no mundo esportivo e um exemplo para todos. Luiz relata também de uma amexicana que só ficou famosa depois de ficar paraplégica, antes do acidente ela pintava já  depois do acidente ela tornou-se uma deusa da pintura.
  Ele, Luiz Carlos Prates opina que "a vida é um jogo ninguém sai dela vencedor, ninguém" e que " a vida é para ser vivida aqui e agora como o jogo é pra sert jogado aqui e agora, com prazer", esse é o ponto de vista de Prates.
  Conta que o futebool anda horrível, que ninguém joga pela bola, pela torcida, pela cidade que nasceu, por nada, se não o dinheiro. Esse foi o resumo do nosso ponto de vista ao texto.



                

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Ser joinvilense é...

  Ver a arte misturando as cores
  É estar atento a cada espetáculo artístico
  É estar em harmonia com a dança
  É  o colorido da festa das flores
  É  a diversidade de sons rock e pagode
  É comemorar a folclore com muita agitação
  É  superar os problemas da cidade e saber que haverá solução.
  É fazer novas amizades a todo tempo
  É festejar, viver com alegria
  É cada pessoa poder fazer sua próprias escolhas
  É  saber que existe amizade verdadeira.